Kaká abre o jogo sobre Mourinho, Seleção, dinheiro, bíblia e futuro; veja entrevista exclusiva

Kaká abre o jogo sobre Mourinho, Seleção, dinheiro, bíblia e futuro; veja entrevista exclusiva

Kaká está de vida nova. Depois de quatro anos no Real Madrid o meia retornou ao Milan, clube pelo qual foi eleito o melhor jogador do mundo em 2007. Nos gramados italianos quer reviver sucessos que andam escassos na carreira. O craque abriu o jogo em entrevista a Wanderley Nogueira na Rádio Jovem Pan. Entre outros temas, falou sobre a relação com o técnico José Mourinho, uma possível volta à Seleção e um eventual retorno ao futebol brasileiro – pelo seu ex-clube São Paulo ou até algum outro. Sobre assuntos extra-campo, contou o que pensa sobre dinheiro e bíblia.

“A vontade dele de vencer. Essa vontade passa por cima de vários critérios e fatores que outros técnicos dão prioridade”, disse Kaká quando perguntado sobre Mourinho, seu comandante no time merengue. O meia não culpa o treinador português pela sua saída do time de Madri, porém comenta as ressalvas que tem com relação ao comportamento dele.

Já sobre a Seleção Brasileira, o craque não esconde a vontade de disputar a Copa do Mundo de 2014. Porém, avisa que está não é uma prioridade no momento. “É um segundo objetivo, meu primeiro é voltar a jogar bem e ser feliz”.

Com relação ao futuro e um possível retorno aos gramados brasileiros, Kaká deixa claro sua preferência pelo clube que o revelou. Mas também não faz restrições caso o destino não seja o Morumbi. “O discurso sempre foi que a prioridade seria o São Paulo e acredito que vai ser sempre assim. Mas se não der no São Paulo, não descarto jogar em outro clube no Brasil, não teria problema algum”.

Confira abaixo a entrevista na íntegra:

Wanderley Nogueira: Fale um pouco sobre seu retorno ao Milan.
Kaká: Estou bem feliz com essa volta ao Milan. Pessoalmente vai ser uma oportunidade legal para eu me reencontrar profissional dentro de campo. Tava precisando desse momento, por isso acho que a escolha foi ideal para mim.

Wanderley Nogueira: Você vai usar a camisa número 22, mas será um autêntico camisa 10 no Milan?
Kaká: Vou usar a 22 porque eu sempre a usei por aqui. Teve até uma votação nas minhas redes sociais quais que eles gostariam que eu jogasse. A camisa 22 ganhou disparado. A minha posição deve ser a do meia atacante. Ainda não fizemos nenhum treino tático, mas acredito que seja esse meia que chegue de trás, que ajude os dois atacantes.

Wanderley Nogueira: O fato de não ter embalado no Real Madrid passou por quais fatores? Sequência de lesões? Questão de relacionamentos?
Kaká: Eu já pensei nisso várias vezes. Cheguei à conclusão que foi falta de continuidade. Eu não tive muitas lesões, tive um período grande que fiquei afastado, mas fora só duas lesões. Uma no púbis, em 2009, e operei o joelho depois da Copa de 2010. Perdi espaço quando retornei dessas lesões e com a chegada do José Mourinho (técnico português) ele trouxe alguns jogadores de confiança dele. Durante esse período que fiquei lá tentei conquistar a confiança dele, mas acabei não conseguindo e achei que era melhor sair.

Wanderley Nogueira: Profissionalmente falando, o José Mourinho teve responsabilidade na sua saída?
Kaká: Não gosto de culpar ninguém. Eu tentei, lutei e sempre estive disponível. As vezes que ele me aproveitou eu acho que tive bons resultados. Ele, como qualquer treinador, fez as escolhas dele e colocava para jogar os jogadores que ele confiava. Aprendi muito com ele na área profissional e pessoal. Aprendi a ter mais paciência e a lutar mais pelas minhas coisas, foi bom ter trabalhado com ele.

Wanderley Nogueira: Qual é a grande virtude do Mourinho?
Kaká: A vontade dele de vencer. Essa vontade passa por cima de vários critérios e fatores que outros técnicos dão prioridade. Talvez seja por essa vontade que ele perca às vezes a continuidade de um time e estremeça um pouco as relações por onde trabalha.

Wanderley Nogueira: Talvez o defeito dele seja entender que está acima do bem e do mau?
Kaká: Não acho que ele tenha esse pensamento. Muitas vezes o comportamento dele aparenta isso. Por isso que eu falei que é uma coisa boa e uma coisa ruim.

Wanderley Nogueira: Na sua apresentação no Milan você disse que era como se nunca tivesse saído. É essa mesma a sensação?
Kaká: É estranho esse sentimento, mas foi assim. O carinho que recebi na minha chegada e na volta ao CT. Mas não deixaria de ter ido ao Real Madrid. Como um de alto rendimento, independentemente dos resultados que tiver por lá, eu fiquei feliz por ter passado pelo Real, que é um clube muito especial

Wanderley Nogueira: O Milan disse que, além da relação antiga que você possui com o clube, os jovens se espelharão em você. Como será isso?
Kaká: É uma responsabilidade diferente. Aprendi muito com os jogadores mais experientes com quem eu convivi no São Paulo, no Milan, no Real Madrid e na seleção. Hoje eu estou nessa função, que é nova para mim. Vivi isso um pouco nos últimos dois jogos que fiz com a seleção brasileira e trabalhei com a nova geração. No Milan de hoje, eu serei um dos mais experientes e fico feliz porque posso ensinar e também aprender. Tem muito garoto aqui que vai me mostrar muita coisa nova.

Wanderley Nogueira: É verdade que o retorno foi quase que sem custos para o Milan e que você aceitou reduzir seu salário? 
Kaká: Sobre números, o Real Madrid que entrou em acordo com o Milan. Da minha parte eu abri mão de muita coisa, mas nesse momento o dinheiro não é minha prioridade. É difícil falar isso, porque sempre vai para a questão financeira, sempre afirmaram que eu estava confortável no Real porque eu ganhava muito. É muito legal ganhar bem e ser recompensado pelo trabalho, mas essa nunca foi minha primeira motivação. Em 2009 eu poderia ter deixado o Real para ir ao Manchester City e ganhar muito mais. Quando eu saí do Milan, saí para ganhar menos no Real Madrid. Sempre vi o futebol como meu amor, então achei que era o momento de ir atrás da minha alegria, o dinheiro vem apenas como conseqüência.

Wanderley Nogueira: 270 jogos com a camisa do Milan, 95 gols e muitos títulos pelo Milan. É uma trajetória respeitável, não?
Kaká: A história que eu tenho aqui é muito legal. Tenho alguns objetivos como chegar a 100 gols pelo Milan, faltam apenas cinco. Eu espero aumentar esse número de conquistar por aqui.

Wanderley Nogueira: A proximidade da Copa do Mundo de 2014 apressou sua volta a um lugar onde você pudesse mostrar seu futebol?
Kaká: Eu penso muito em voltar à Seleção e disputar a Copa do Mundo no Brasil. Mas tudo vai depender do que eu fizer aqui no Milan, se eu tiver continuidade e bons resultados. É um segundo objetivo, meu primeiro objetivo é voltar a jogar bem e ser feliz.

Wanderley Nogueira: Você está há 10 anos na Europa. Em algum momento sua volta ao Brasil ficou próxima ou tudo era apenas especulação?
Kaká: Tudo não passou de especulações. Única vez foi em dezembro de 2012 que a gente conversou com o São Paulo para ver qual era a ideia deles, mas nada concreto. Recebi algumas sondagens, mas nunca nada que tenha aproximado essa volta.

Wanderley Nogueira: No futuro você pretende voltar ao Brasil ou tudo aponta para uma aposentadoria na Europa?
Kaká: Sinceramente, eu não sei. Fiz um contrato de dois anos com o Milan agora e depois disso eu não planejei ainda. Ainda está meio vago esse futuro.

Wanderley Nogueira: Se voltar ao Brasil seria só para jogar no São Paulo ou você abre o leque?
Kaká: Não, o discurso sempre foi que a prioridade seria o São Paulo e acredito que vai ser sempre assim. Mas se não der no São Paulo, não descarto jogar em outro clube no Brasil, não teria problema algum.

Wanderley Nogueira: Quais são os momentos mais importantes da sua carreira?
Kaká: A Copa do Mundo de 2002 foi uma experiência única, mesmo jogando pouco, conviver com aqueles jogadores e ser campeão do mundo com apenas 20 anos, não há nada mais especial para um jogador. Já conversei com vários jogadores e eles concordaram que não há maior emoção. Eu acho que as conquistas coletivas são mais importantes. Em 2007 eu cheguei a ser o melhor do mundo e é muito legal você ser reconhecido individualmente, mas foi tudo devido ao que eu conquistei com o Milan.

Wanderley Nogueira: Você continua estudando a bíblia?
Kaká: Sempre. A bíblia está sempre comigo, estou sempre estudando, aprendendo e orando. Isso ai eu não vou largar nunca.

Wanderley Nogueira: No futuro poderemos ter um pastor Kaká?
Kaká: Acho difícil, hoje não é essa a minha ideia. Continuo querendo estudar e me aprofundar mais na bíblia, nas minhas experiências com Deus, mas não tenho muita ideia de ser pastor.

Wanderley Nogueira: O que você menos gosta no futebol?
Kaká: Concentração. Nós concentrávamos com o Mourinho e aqui no Milan não é diferente. Eu acho completamente dispensável. Claro, cada treinador tem sua filosofia e sua forma de pensar. Eu sinceramente não vejo nenhuma alteração de resultado pela concentração. Pelo contrário, Barcelona e clubes ingleses são exemplos disso, nenhum deles concentra e não interfere de forma algum nos resultados

Wanderley Nogueira: Na sua opinião, porque alguns treinadores não pensam no fim da concentração? 
Kaká: Sinceramente, eu não sei. Eu acho que um pouco pela falta na confiança dos jogadores. E talvez um pouco também por superstição e tradição, mas continuo achando desnecessário

Wanderley Nogueira: Qual foi a última vez que você falou com Felipão (atual técnico da seleção brasileira)? 
Kaká: Foi na convocação para os jogos contra Itália e Rússia. Acredito que eles estão acompanhando todo mundo que está jogando. Estou aí na expectativa.

Wanderley Nogueira: Você estreia quando pelo Milan? 
Kaká: Devo estrear neste sábado (07) em um amistoso contra um time da Suíça ou no sábado que vem (14) contra o Torino na volta do Campeonato Italiano. Mas tudo indica que seja no amistoso mesmo.

Fonte : http://jovempan.uol.com.br

Use QR-Code to get this permaking using your Smartphone. QR Code for Kaká abre o jogo sobre Mourinho, Seleção, dinheiro, bíblia e futuro; veja entrevista exclusiva

 
Detalhes

– A velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos.

– O modem é cedido gratuitamente em comodato.

– A instalação está sujeita a disponibilidade técnica de acordo com o endereço.

– Plano com fidelidade por 12 meses caso haja cancelamento será lavrada multa conforme contrato.

– Em caso de utilização excedente a franquia de consumo, a Net Barretos não cobrará por megabyte adicional, neste caso, a velocidade será reduzida para 2 Mbps até o final do período corrente.

×
Detalhes

– Sem IP fixo

– Suporte 48 Horas

– A velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos.

– O modem é cedido gratuitamente em comodato.

– A instalação está sujeita a disponibilidade técnica de acordo com o endereço.

– Plano com fidelidade por 12 meses caso haja cancelamento será lavrada multa conforme contrato.

– Em caso de utilização excedente a franquia de consumo, a Net Barretos não cobrará por megabyte adicional, neste caso, a velocidade será reduzida para 4 Mbps até o final do período corrente.

×
Detalhes

– Sem IP fixo

– Suporte 48 Horas

– A velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos.

– O modem é cedido gratuitamente em comodato.

– A instalação está sujeita a disponibilidade técnica de acordo com o endereço.

– Plano com fidelidade por 12 meses caso haja cancelamento será lavrada multa conforme contrato.

×
Detalhes

– A velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos.

– O modem é cedido gratuitamente em comodato.

– A instalação está sujeita a disponibilidade técnica de acordo com o endereço.

– Plano com fidelidade por 12 meses caso haja cancelamento será lavrada multa conforme contrato.

– Em caso de utilização excedente a franquia de consumo, a Net Barretos não cobrará por megabyte adicional, neste caso, a velocidade será reduzida para 10 Mbps até o final do período corrente.

×
Detalhes

– Sem IP fixo

– Suporte 48 Horas

– A velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos.

– O modem é cedido gratuitamente em comodato.

– A instalação está sujeita a disponibilidade técnica de acordo com o endereço.

– Plano com fidelidade por 12 meses caso haja cancelamento será lavrada multa conforme contrato.

×
Detalhes

– Com IP fixo

– Suporte 4 Horas

– A velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos.

– O modem é cedido gratuitamente em comodato.

– A instalação está sujeita a disponibilidade técnica de acordo com o endereço.

– Plano com fidelidade por 12 meses caso haja cancelamento será lavrada multa conforme contrato.

×
Detalhes

– Com IP fixo

– Suporte 48 Horas

– A velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos.

– O modem é cedido gratuitamente em comodato.

– A instalação está sujeita a disponibilidade técnica de acordo com o endereço.

– Plano com fidelidade por 12 meses caso haja cancelamento será lavrada multa conforme contrato.

– Em caso de utilização excedente a franquia de consumo, a Net Barretos não cobrará por megabyte adicional, neste caso, a velocidade será reduzida para 4 Mbps até o final do período corrente.

×
Detalhes

– Com IP fixo

– Suporte 4 Horas

– A velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos.

– A velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos.

– O modem é cedido gratuitamente em comodato.

– A instalação está sujeita a disponibilidade técnica de acordo com o endereço.

– Plano com fidelidade por 12 meses caso haja cancelamento será lavrada multa conforme contrato.

– Em caso de utilização excedente a franquia de consumo, a Net Barretos não cobrará por megabyte adicional, neste caso, a velocidade será reduzida para 5 Mbps até o final do período corrente.

×
Detalhes

– Com IP fixo

– Suporte 4 Horas

– A velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos.

– O modem é cedido gratuitamente em comodato.

– A instalação está sujeita a disponibilidade técnica de acordo com o endereço.

×
Detalhes

– Sem IP fixo

– Suporte 48 Horas

– A velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a nominal máxima, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos.

– O modem é cedido gratuitamente em comodato.

– A instalação está sujeita a disponibilidade técnica de acordo com o endereço.

×