Net Barretos - Conectando emoções!

Fotógrafo registra execução pública de jovem por rebeldes na Síria

Repórter fotográfico registrou uma sequência de execuções perto de Aleppo e, sob condição de anonimato, narrou o que viu à revista Time

 Foto: Time / Reprodução

 

Uma série de fotos publicada pela revista Time mostra a execução pública de um jovem sírio na cidade de Keferghan, perto de Aleppo. O fato teria ocorrido no dia 31 de agosto deste ano, embora a publicação não garanta a veracidade das imagens por causa da dificuldade de se obter essas informações na Síria

​Essa decapitação foi a última das quatro que o fotógrafo presenciou naquele dia. Ele pediu para não ter a identidade revelada por segurança. Segundo a Time, uma testemunha da região relatou que rebeldes ligados à Al-Qaeda foram os responsáveis pela execução. Veja outras imagens no site da Time.

Relato do jornalista publicado pela Time:
“O homem foi trazido para a praça. Seus olhos estavam vendados. Comecei a tirar fotos, uma atrás da outra. Essa seria a quarta execução daquele dia que eu iria fotografar. Eu estava me sentindo horrível, várias vezes estive a ponto de vomitar. Mas me mantive sob controle porque, como jornalista, sabia que tinha que documentar isso, como tinha feito nas três decapitações anteriores, em três locais fora Aleppo.

A multidão começou a aplaudir. Todo mundo estava feliz. Eu sabia que se eu tentasse intervir, seria expulso e as execuções continuariam. Sabia que não seria capaz de mudar o que estava acontecendo e poderia me colocar em risco.

Vi uma cena de crueldade absoluta: um ser humano ser tratado de uma forma que ninguém deveria ser tratado. Mas parece que, em dois anos e meio, a guerra degradou a humanidade das pessoas. Neste dia, as pessoas não tinham controle sobre seus sentimentos, seus desejos, sua raiva. Era impossível detê-los.

Eu não sei quantos anos a vítima tinha, mas era jovem. Ele foi forçado a ficar de joelhos. Os rebeldes leram seus crimes. O jovem estava de joelhos, com as mãos amarradas. Ele parecia paralisado.

Dois rebeldes sussurraram algo em seu ouvido e ele respondeu de forma inocente e triste, mas não entendi o que foi dito, pois não falo árabe.

No momento da execução, os rebeldes agarraram sua garganta. O jovem reagiu, mas três ou quatro rebeldes conseguiram imobilizá-lo. Ele tentou proteger a garganta com as mãos, que ainda estavam amarradas. Tentou resistir, mas os rebeldes eram mais fortes e cortaram sua garganta. Depois, levantaram a cabeça. As pessoas aplaudiram. Todo mundo estava feliz porque a execução aconteceu.”

Fonte :http://noticias.terra.com.br

 

Use QR-Code to get this permaking using your Smartphone. QR Code for Fotógrafo registra execução pública de jovem por rebeldes na Síria

Deixe o seu comentário